Desafie-se e alcance a

Superação

O câncer de mama tem nome e rosto, quem ajuda também! Faça parte do Desafio SuperAção e ajude a salvar vidas na luta contra o câncer.

Dias
Horas
Minutos
Seconds
Dias
Horas
Minutos
Seconds

Histórias de inspiram

Sonia

Meu nome é Sônia, tenho 48 anos e sou Adventista do Sétimo Dia. Moro em Acari, RJ. Vou falar um pouco da minha história e trajetória como portadora de câncer de mama.

Desde os meus 40 anos comecei a fazer os exames periódicos para manter minha saúde em dia. Aliás, sempre fiz os exames, mas foi a partir daí que a mamografia começou a fazer parte da minha rotina. Em 2020 apareceu um pequeno cisto com categoria birads 1. A minha ginecologista falou que não era nada grave.

No ano seguinte foi a mesma coisa, mas no ano de 2022 o birads foi para 2 e a médica continuou falando que não era nada grave. Eu acreditei nela. Em 2023, quando fui fazer os exames novamente, o birads já estava em 4 com uma grande chance de ser maligno. Levei a outra médica e ela me disse para procurar, com urgência, um mastologista e foi o que fiz.

Chegando na especialista, foi feito o exame clínico e ela já fez o diagnóstico no mesmo momento, mas pediu exames mais detalhados para uma confirmação mais segura. Passei por outra mamografia, biópsia, imuno-histoquímica, ressonância, tomografia, cintilografia óssea, exames de sangue enfim, uma verdadeira correria. Por fim peguei os resultados e voltei na médica. Infelizmente, foi constatado que era mesmo um câncer de mama. Não sei se todos sabem disso, mas o câncer de mama tem vários subtipos e o que me acometeu foi o Luminal B, um tipo agressivo, mas que responde bem ao tratamento. Graças a Deus, comecei logo com a quimioterapia e graças a Deus não tive tantos efeitos colaterais. Consegui superar bem.

Terminei a quimioterapia em fevereiro deste ano, 2024. Voltei ao consultório médico e ela solicitou mais exames para ver como foi a evolução. Graças a Deus o tumor havia diminuído bastante a ponto de se tornar imperceptível ao toque, mas infelizmente ele ainda estava lá.

Já estava me preparando para marcar a cirurgia quando ela me olha e diz que não vai ser possível operar com ela pois ela não tinha uma equipe de cirurgião plástico e me pediu para eu procurar outro profissional. Fiquei super preocupada e nervosa, achando que o tumor poderia crescer novamente, mas confiei em Deus e comecei a ligar para outros médicos.

Dentre todos que liguei, só um fazia o serviço completo (mastectomia com reconstrução imediata). Marquei uma consulta e graças a Deus, deu tudo certo. Esperei ainda, por quase dois meses para o plano autorizar a cirurgia e no dia 16/05/2024 foi realizada a cirurgia. Estou escrevendo em 25/06/24. Já tem um mês e nove dias de recuperação, ainda sinto dores, mas é normal.

Quero, cada dia cuidar mais da minha saúde. No ano passado participei da organização do Desafio Superação em minha cidade. Esse ano já estou melhor e vou poder participar da prova. O exercício físico melhora nosso corpo como um todo e ajuda na prevenção do câncer.

Termino meu relato com uma imensa gratidão a Deus por nunca ter me abandonado e me dar a certeza de que ELE estava e está sempre comigo. Deus é nosso refúgio e fortaleza e que tenhamos a certeza de que ELE sabe todas as coisas sempre. ELE É BOM O TEMPO TODO. Agradeço ao meu marido que me apoiou desde o início e alguns familiares que me ajudaram. Obrigada!

O Desafio SuperAção é um evento esportivo virtual que visa incentivar a prática de atividades físicas como forma preventiva para a boa saúde.

Todos os direitos reservados © Missão Mulher 2024. Desenvolvido por Agência ALX

Escolha seu Kit Ciclismo ou Duatlhon